Eventos adversos após pleurodese em pacientes com derrame pleural maligo

Impacto da pandemia COVID-19 - Chamada vídeo - blog
Impacto da pandemia nas atividades de ensino dos residentes da Cirurgia Torácica HC – FMUSP
14 de dezembro de 2020
Série Entrevistas
SÉRIE: Conheça os membros da Cirurgia Torácica HC FMUSP – Prof. Ricardo Mingarini Terra
28 de janeiro de 2021

A ocorrência de eventos adversos em pacientes com neoplasias avançadas é um tema de extrema importância que devemos ter atenção. Para isso, este artigo teve como objetivo analisar estas ocorrências destes eventos em pacientes que foram submetidos à pleurodese, além de analisar o comportamento dos marcadores inflamatórios ao longo dos dias.  

Fizemos então, uma análise retrospectiva do banco de dados destes pacientes que foram submetidos à pleurodese entre 2009 e 2013 em nossa instituição. Nós analisamos os dados clínicos e laboratoriais, sendo que neste último, comparamos os valores em 4 tempos (tempo 0, 2, 5 e 10 – em dias). 

Concluímos que a pleurodese causa uma importante resposta inflamatória sistêmica, detectada por vários marcadores séricos (Proteína-C reativa, transaminases e função renal). Além disso, observamos a ocorrência de eventos adversos (grau 3 ou superior – escala CTCAEV). 

Ricardo M. Terra

Priscila Berenice da Costa

Alberto J. M. Dela Vega

Clique aqui e confira o artigo na íntegra: http://jtd.amegroups.com/article/view/41652/html

#pleurodese #cirurgiatoracica #toraxUSP #derramepleural #cancerdepulmao

Os comentários estão encerrados.